Equilíbrio Financeiro Para Terapeutas

Equilibrio FinanceiroEquilíbrio Financeiro Para Terapeutas

O Equilíbrio Financeiro é aplicado pelos Terapeutas?

Neste vídeo você poderá ver e compreender melhor como normalmente terapeutas agem perante uma cobrança referente a um serviço prestado.

Cursos Online de Desenvolvimento Pessoal

Em certo período de nossa vida, decidimos ser terapeutas.

Sacrificamos família, lazer e passa-se a dedicar horas de estudo para aprender a cuidar e orientar o ser humano. Afinal, vamos ser cuidadores.

O curso chega ao seu final e, busca-se sem parar, mais e mais aperfeiçoamentos para sabermos auxiliar  muito bem às pessoas, porque queremos no mínimo amenizar sofrimentos.

A decisão maior chega, que é abrir um espaço ou fazer parceria com outros terapeutas.

Juntamente com o novo começo, agregam-se investimentos e contas fixas, percebe-se que chegou a hora de colocar a “mão na massa”. Mas logo-logo um desespero se apresenta devido a crenças e preconceitos de que cobrar atendimentos voltados à cura do ser humano é inadmissível.

As observações mais idiotas são trazidas como motivo para que os terapeutas façam seu trabalho sem cobrar, afinal, como podemos cobrar por um dom recebido?

Não raras as vezes quem adoece é o próprio terapeuta, quando ele se dá por conta, que está entre a cruz e a espada. Se não puder cobrar morre de fome. Se cobrar é “apedrejado” ou sente-se culpado por receber pelo seu trabalho.

Sinceramente não consigo entender, como então, podem cobrar milhões por quadros que foram pintados por pessoas que colocaram na tela a tinta e 100%  de dom.

Eu por exemplo, não tenho dom para cantar nem o  “Parabéns à Você”. Mas quem tem o dom consegue soltar lindas melodias ou criar músicas e canções fantásticas e podem cobrar pelo seu talento = dom.

Considero justíssimo a remuneração em dinheiro tanto ao pintor, quanto ao músico, compositor ou cantor.

Terapias alternativas

E a minha pergunta é, porque um trabalhos tão digno quanto aos citados acima podem ser pagos e o terapeuta não? Terapeuta que busca “consertar almas, mentes e corpos”, que tem o dom, investiu tempo e dinheiro da mesma forma, mas não tem o direito de receber pelo seu digno trabalho?

Terapeutas e profissionais da área da saúde, valorizem-se e sem explorar seu cliente, faça um trabalho bem feito e cobre o que for justo, sem culpar-se, viva uma vida digna fazendo jus aos seu esforço, tempo e dinheiro investido e seja feliz.

E para fechar com chave de ouro, basta colocar em prática todos os ensinamentos passados no vídeo acima.

Tenho certeza absoluta que os terapeutas terão uma nova visão relacionado à sua profissão, tão necessária,  para a atual era que estamos vivenciando.

Além de mudarem suas condutas com as dicas do vídeo, busque saber a quantas anda seu autoconhecimento, porque conhecer a si mesmo e sentir-se mais seguro em suas decisões.
Image and video hosting by TinyPic

aconselhamento virtual

A partir de agora quero ver mais felicidade e realização profissional na vida dos terapeutas.

Deixe sua experiência ou sugestão abaixo…

Edi Kalsing trabalha como Terapeuta Holística e nas horas vagas escreve para o blog "O Blog do Autoconhecimento" e além disso está lançando uma técnica pioneira de "Transformação Emocional". Acredita que podemos estar sempre fazendo algo para deixar um mundo melhor.

Comentários do Facebook:

Deixe um Comentário (Não há comentários até o momento)

Não há comentários até o momento

.

Curta Minha Página