carencia
 Vocês sabiam que o maior carente é o que menos dá carinho?
É exatamente isso!!
Ouço muitos relatos de pessoas que estão com queixas de que não recebem carinho do companheiro ou companheira.
Quando pergunto quando ela/ele deu atenção e carinho para aquela pessoa, a resposta é quase sempre a mesma:
_Eu não vou dar, ele também não me dá!!!
Acredito que essa troca precisa ser uma “via de duas mãos”. Você dá e você recebe.
Mas a birra fica geralmente quando a pessoa “não quer dar o braço a torcer”.
Estranhamente ela quer receber, mas dar…
Aí que fica esse eterno descontentamento, e fazer o movimento para dar o primeiro passo, parece ser algo humilhante, nem cogitado e muito distante.
É nesses momentos que batemos de frente com nossa falta de Autoconhecimento (abordei esse assunto no Metablog, o Blog de Bruno Simomura)
“Lembro perfeitamente de uma queixa que fiz com uma amiga, de que ao chegar em casa, mais tarde da noite depois do trabalho, meu marido já havia se deitado e minha filha também estava em seu quarto. Não sei porque mas eu acreditava que eles teriam que me receber, ou estarem esperando por mim, afinal, eu estivera trabalhando!! 
Num comentário curtíssimo, minha amiga disse o seguinte:
 _ E eles esperavam que você fosse até eles.
Até aquele momento eu estava somente voltada para meu próprio umbigo.
A partir da quele dia sempre que eu voltava mais tarde, quem os procurava era eu e acabei tendo grandes surpresas. Não raras as vezes, meu marido me esperava com algo bacana para lanchar.”
Veja também:
O tempo pra ser feliz é curto, e cada minuto e oportunidade que passou não volta mais.
E é assim que as pessoas “perdem” ao outro.
carinhoso
 
Você está passando por uma situação parecida?
O que você está fazendo para melhorar isso?
1-Elogie seu companheiro(a);
2-Dê um presente fora de data comemorativa;
3-Abrace gostoso sem esperar nada em troca;
4-Mande um torpedo dizendo o quanto essa pessoa te faz bem;
5-Faça surpresas, pode ser uma comida que ele/ela gosta ou um passeio;
6-Pare de ser tão reclamão/reclamona e seja mais gentil; 
7-Seja criativo, ou você nem sabe o que teu companheiro(a) gosta?!!
 

Se até o sapo gostou de receber carinho, o que nós humanos estamos esperando?(veja o video)

E você? 
Tens algo para compartilhar? Coloque aqui! 
Tens algo para complementar? Coloque aqui também!
 Nunca comentou num blog? Experimente agora!
Para comentar não é necessário ter um blog, é só colocar seu nome e e-mail. 
O e-mail não será divulgado, portanto é  seguro comentar. Ah, você pode “curtir”, compartilhar essa página, não deixe para depois o que pode ser feito agora!!
terapia-do-amor 
Um Programa de Aprofundamento para Criar Relacionamentos Amorosos. Neste curso você aprenderá como trabalhar seus conflitos para aumentar o amor e a intimidade com seu(ua) parceiro(a).
Ministrado por: Pâmi Garcia
Carga horaria aproximada: 8 horas
Edi Kalsing trabalha como Terapeuta Holística e nas horas vagas escreve para o blog "O Blog do Autoconhecimento" e além disso está lançando uma técnica pioneira de "Transformação Emocional". Acredita que podemos estar sempre fazendo algo para deixar um mundo melhor.

16 respostas a “Você é Carente? Leia 7 dicas para mudar isso – Edi Kalsing Terapias”

  • Adoro seus comentários. Mas me diga o que fazer quando estamos carente e sozinhas? como nos libertar de pensamentos de relacionamentos que tivemos e que achavamos que não era bom, e ficamos remoendo o que passou? como sanar a carência? Afinal a carência é uma péssima conselheira.
    bjs no seu coração.
    Saúde, Paz, e Prosperidade.

  • Olá “Anônimo”!! Quero te agradecer pelo comentário, e quero que no próximo sábado dia 14/04 você entre em meu Blog novamente. Porque vou aproveitar a sua dúvida, e escrever o artigo voltado totalmente para sua situação que estás vivendo. Espero que eu consiga passar uma mensagem que lhe amenize a situação. Grande beijo!!

    • Obrigada querida pelo carinho e atenção, tenho certeza que ajudará muito, suas palavras são sempre bem vindas.
      beijo no seu coração.

  • Edi, Adorei!!!!! Super bacana esta postagem. Eu sou mais atacada, né??? Eu já chego abraçando e beijando todo mundo… Eu adoro carinho e se não me dão o carinho que eu quero eu vou atrás e roubo esse carinho com um beijo ou um abraço. Gostei muito e sei que esta postagem vai ajudar muita gente a demonstrar um pouco mais o carinho que quer receber do outro. Como já dizia Francisco de Assis: “É dando que se recebe”, né?
    Beijcas no seu coração, linda menina.

    • Eita Cristal!! Não é por nada que apelidadaram ela de “barrulhenta” rsrs. Mas é isso mesmo, nunca perca esse seu jeito menina de ser. Dê carinho e receba carinho, peça carinho e receba carinho… E o melhor carinho é aquele que a gente dá para si mesmo!! Obrigada pelo comentário Cristal!! Um grande beijo!!!

  • Oi, Edi. Linda postagem. Realmente, como o Chris Allmeida já disse várias vezes, os defeitos que criticamos nos outros temos dentro de nós mesmos. É o efeito do espelho, da projeção, porque é muito mais fácil ver os defeitos dos outros, não é mesmo ? Em relação à carência é a mesma coisa. Se ficarmos esperando que o outro aja, nunca conseguiremos preencher a falta de afeto, de amor e outros sentimentos. Mas a principal causa de carência não é a falta do outro, mas de nós mesmos. Se não temos amor dentro de nós, como podemos oferecer o que não temos, não é mesmo ? Aproveito a ocasião para sugerir o filme “Prova de fogo”, na qual o protagonista, por conselho do pai, dá o primeiro passo (na verdade 40) para salvar o seu casamento. Bjs e parabéns!!!

  • Olá Neide!! Muuito grata pelo seu comentário. E você coloca muito bem qdo fala que dos espelhos e de que precisamos primeiramente amar a nós mesmos. Quanto ao filme, achei ótima a sua sugestão, eu já o vi. E quem puder ver o filme sugerido pela Neide, vale muito a pena. O nome do filme é “Prova de Fogo”.
    Um grande abraço!!!

  • Olá, Edi!!!!!
    Muito bom este artigo!!
    Vou colocar em prática as sete dicas…
    Se queremos carinho, amor, temos que dar para receber!!!
    Adorei o vídeo do sapo, que lindoooo!!!
    Eu sempre tive “medo” de sapo…mas vendo o vídeo, de como ele reagiu com o carinho, foi o máximo….ele se transformou no bichinho mais fofo… e isso é muito simples, está diante de nós…e não enxergamos…
    Parabéns!!!!
    Bjs.
    Meire Costa Sousa Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *