Zona de Conforto e Você

Zona de Conforto e Você.

Será que você vive em Zona de Conforto?

Zona de conforto Vivemos nosso dia a dia, e muitas vezes esquecemos de analisa-lo e nem lembramos de sentir em nós a quantas anda esse nível de conforto ou desconforto.
Tem quem faz todos os dias as mesmas coisas e não está nada satisfeito com a vida.
*Isso está acontecendo com você?
*Você está fazendo algum esforço para mudar as situações com as quais está cansado de viver?
A pessoa que vive na zona de conforto, geralmente é uma pessoa “amarga”, queixosa, reclamona. São aquelas pessoas que inventam qualquer coisa para não precisar fazer esforço para mudar e sair dali. E não raras as vezes, usam a situação para se vitimizar.
A Cristina Cairo conhecedora dos princípios da medicina egípcia, chinesa e da filosofia oriental, também escritora de vários livros, entre eles “A Linguagem do Corpo”, ela usa um termo que descreve de um jeito diferente a zona de conforto. Ela diz que a zona de conforto não deixa de ser um “Ofurô de cocô”.
A pessoa sente que está desconfortável onde ela se encontra mas não sai dali poque é um lugar conhecido,”quentinho”, onde fica boiando sem coragem de entrar em contato com sua força interior e saltar fora dali.
As Zonas de conforto nem sempre se apresentam no âmbito geral, ou seja, em todos os setores da vida.
*Pode ser por exemplo que a pessoa cuide muito bem do seu corpo , fazendo esforços diários e com disciplina corre, faz academia, cuida da alimentação, mas está completamente acomodada em seu trabalho.
*Outros se superam a cada dia em seu trabalho mas deixaram de buscar conhecimentos novos, se acomodaram na leitura de livros e na busca de cursos de aperfeiçoamento. Sugiro que leiam o artigo que escrevi sobre os 12 setores de nossa vida  para fazer uma análise em todos os sentidos e anotar os pontos de comodismo, e ver o que pode ser feito para modificar isso.
zona de conforto sim
 MAS TEM QUE SABER PARA ONDE SE QUER IR
Saber identificar que estamos numa zona de conforto já é meio caminho andado. Agora é a hora de analisar e traçar metas e estratégias para fazer acontecer. Neste momento é muito importante ter autoconfiança e autoconhecimento, para que você consiga apoiar-se seguramente em você mesmo. Esta zona também é chamada de Zona de Esforço, que é a zona logo após a zona de conforto.
Sua vida passa a fazer “saltos quânticos”, quando você começar a ser proativo, colocar a mão na massa e fazer acontecer, saindo de onde você se encontra e passando a viver uma nova realidade.

TOME ALGUNS CUIDADOS AO SAIR DE SUA ZONA DE CONFORTO 

*Cuidado numero 1– Perceba o sinal de alerta para a chamada Zona de Risco, pois nela você precisa de ferramentas e pessoas para operar nessa área. Portanto, primeiro organize-se muito bem e quando puder contar com as ferramentas, pessoas e recursos, então é o momento para fazer essa mudança.
*Cuidado numero 2– Cuide para não entrar na Zona de Perigo. Nessa zona você está correndo risco, você tomou uma decisão de sair da zona de conforto mas não avaliou a situação claramente. A Zona de Perigo é uma zona em que você não consegue operar sozinho e mas também não tem ninguém com quem possa contar. Para isso pense muito bem antes de sair por ai se metendo “numa fria” ou “quebrando a cara”.


Você gostou do que leu? Então compartilhe clicando no
Box Flutuante a esquerda da página e compartilhe em suas redes sociais!!!
Ah, você também pode deixar seu comentário logo abaixo, eu vou gostar. 🙂
O blog é seu também, você sempre será muito bem vindo(a)!!
Deixe seu e-mail abaixo e receba VÍDEOS e + novidades do Blog…

Image and video hosting by TinyPic

 

E seja livre e feliz, mesmo saindo da Zona de Conforto.

Edi Kalsing trabalha como Terapeuta Holística e nas horas vagas escreve para o blog "O Blog do Autoconhecimento" e além disso está lançando uma técnica pioneira de "Transformação Emocional". Acredita que podemos estar sempre fazendo algo para deixar um mundo melhor.

Comentários do Facebook:

Deixe um Comentário (8 comentários até o momento)


  1. Paulo Valle
    5 anos ago

    Edi,
    O problema é que por mais que saiamos da zona de conforto, acabamos voltando a ela… É um mal que devemos lutar continuamente pois ela teima em voltar.
    Considero ela quase tão nociva quanto a zona do desânimo…. ambas te deixam imobilizado e são o caminho mais rápido para as espirais negativas da vida.
    Sair da zona de conforto e investir em crescimento é a melhor estratégia.
    valeu pelo post e pelo guest post que me trouxe aqui.
    Abraços,

  2. Olá Paulo Valle!! Você coloca ali um comportamento natural dos seres humanos, que é voltar à zona de conforto. Por isso uma autoviglância é tão importante, principalmente insistindo na autodiciplina. E que bom Paulo, que você tenha gostado do Guest Post no Metablog (10 exercícios para aumentar a força de vontade e a autodisciplina),e te agradeço imensamente por ter vindo conhecer meu Blog. Muito obrigada pelo comentário Paulo. Um forte abraço!!


  3. Ieda
    5 anos ago

    Oi Edi, parabéns pela escolha do tema! Muito bom, muito bom mesmo! Abordou os aspectos essenciais, importantes para quem já está se percebendo nessa faixa de acomodação. Agradeço por mais este post fantástico e aproveito para sugerir que escreva o mesmo tema, voltado para quem ainda está muito centrado em seu “umbigo”, difícil até de reconhecer-se um “reclamão”. Me parece que já teve um post anterior sobre isso, por favor se sim, é só me mostrar.
    Super beijo
    Ieda


  4. Portal Satsuki
    5 anos ago

    Oi, Edi. Parabéns por essa postagem e pelo sucesso na divulgação de seus textos em outros blogs. É isso mesmo!!! Aproveito a ocasião para comentar uma postagem que vc tinha feito no Face a respeito de tirar fotos. Eu mandei fazer um álbum fotográfico também. Estou colocando as fotos aos poucos, mas uma delas é a que está como foto de perfil.

    Bjs

    • Olá Portal Satsuki!! Quanta honra sempre que você passa por aqui!! Agradeço suas felicitações em relação aos posts em outros blogs e estou muito feliz também. E sobre seu àlbum de fotos, eu vibrei imensamente!! Fazer fotos é tuudo de bomm!! E vou querer ver suas fotos, a do perfil está com uma aura magnífica, o que nem poderia ser diferente vindo de você!! Muito obrigada por comentar Neide, e um grande beijoo para você!!!

  5. Olá Ieda!! Muito obrigada por comentar e fico muito feliz sempre que você se faz presente aqui. Dei uma passada de olhos em todos os meus artigos e acredito não ter nada voltado ao assunto. Mas em um dos artigos eu falei das pessoas “intimidadoras”, menciono isso no assunto “Os Dramas de Controle” (Que está como o artigo mais lido na coluna à esquerda desta mesma página) O seu tema é bem sugestivo e aguarde para sábado que vem dia 28/04/12, vou postar um artigo voltado para sua sugestão. Muito obrigada Ieda, um grande abraço!!


  6. Alexsandra
    4 anos ago

    Oi Edi!
    Gostei muito do artigo, existe muitas pessoas na zona de conforto, que estão tão acomodadas que nem se quer se esforçam para sair dela, é muito mais fácil lamentar. abs


    • Edi Kalsing
      4 anos ago

      Olá Alexandra!!
      Que bom tê-la como leitora do meu Blog.
      Você tem razão, muitos lamentam-se outros nem desconfiam que estão em zona de conforto.
      É um verdadeiro desafio sair dela, mas o desafio vale a pena.
      Muito obrigada por comentar.
      Forte abraço!!

audio-adminsitrando_a_ansiedade_3.jpg

.